Categorias
Notícias

Quatro anos do assassinato de Marielle Franco

Um crime brutal que continua sem respostas para a principal pergunta: quem mandou matar?

Hoje faz 4 anos que o Brasil não esqueceu. E nem vai esquecer. O crime contra Marielle Franco e Anderson Gomes é uma ferida aberta que grita problemas não resolvidos no país. A guerra do Estado contra a população periférica e negra. O encarceramento em massa e os assassinatos da juventude. As milícias que crescem e tomam conta de territórios – locais onde o Estado chega sempre com a violência da polícia, mas onde falta água, comida, emprego, transporte, educação, moradia de qualidade para o povo.

No Brasil historicamente tentam silenciar lideranças que vão contra os interesses dos ricos e poderosos. Mas não se pode calar todo um povo que resiste e enfrenta o autoritarismo há mais de 500 anos.

São sementes da Marielle todo um povo que não aguenta mais o sufoco cotidiano.
Usar nossa voz para denunciar as violências e injustiças contra nossa gente. Estar lado a lado com nosso povo em suas lutas.

E derrotar Bolsonaro e principalmente o bolsonarismo que se alastra pela sociedade e fortalece os setores mais imundos, como milicianos e assassinos. NÃO PASSARÃO!

#ForaBolsonaro#MarielleFranco#JustiçaPorMarielle

Texto: Coletivo Alicerce.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *