Categorias
Notícias

Trabalhadoras/es da assistência seguem na luta por vacina

Na linha de frente de atendimento às situações geradas pela pandemia, a imunização da categoria ainda está sem previsão

Trabalhadoras e trabalhadores da Política de Assistência Social de Porto Alegre seguem em luta para inclusão no Plano de Vacinação do Rio Grande do Sul e exigem vacina já.

Na linha de frente de atendimento às situações geradas pela pandemia e considerados essenciais em todos os decretos desde o ano passado, as trabalhadoras e os trabalhadores da Assistência Social (educadores sociais, técnico administrativo, assistentes sociais, motoristas, etc) seguem sem previsão de vacinação.

Após o ato do dia 01/04, em frente ao Paço Municipal, foi divulgado documento da prefeitura que solicita a secretária de saúde do RS, Arita Bergman, a vacinação dos 3.291 trabalhadores/as da Assistência Social de POA. Foi a primeira vez que foi prevista a inclusão desses trabalhadores para vacinação, mas ainda falta a autorização da CIBs/RS (Comissão Intergestores Bipartite).

Nesta quarta-feira (14) aconteceu um ato de trabalhadores em frente a FASC (Fundação de Assistência Social e Cidadania). O dia 14 de abril foi definido como o dia de luta pela inclusão das/os trabalhadoras/es do SUAS (Sistema Único de Assistência Social) no plano de vacinação do Estado.

Via Alicerce Municipários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.