Categorias
Notícias

Abaixo-assinado no Rincão/Belém Velho exige transporte de qualidade

A comunidade se uniu e já conseguiu cerca de 700 assinaturas

Moradores da comunidade do Rincão, em Porto Alegre, estão cansados do transporte precário. Falta ônibus que circule no interior do bairro, e os horários reduzidos impedem o deslocamento dos moradores e geram aglomeração. A comunidade se uniu e já conseguiu cerca de 700 assinaturas.

▪️ Entenda a situação

As linhas Alimentadora A84 e A86, que iam do Condomínio Mariante até Sertão 2, foram suspensas, anteriormente à pandemia. A principal justificativa das empresas de transporte para o ônibus não entrar são as ruas, muitas delas esburacadas ou inundadas pela chuva ou por canos que vazam e estouram com frequência.

Assim, a falta de ônibus é um problema paralelo à falta de esgoto e de asfalto no local. Mas este problema pode e deve ser resolvido, visto que o orçamento participativo já destinou verba para esta finalidade. Com o descaso das prefeituras, quem paga essa conta são os moradores. Sem transporte circulando no interior do bairro, fica restrito o acesso às escolas, às creches, ao posto de saúde.

Além disso, as linhas do Rincão/Belém Velho estão com horários reduzidos por conta da pandemia, o que restringe o acesso ao centro e outros bairros. Trabalhadoras/es relataram que estão precisando chamar aplicativo para ir trabalhar, visto que o primeiro horário da manhã foi suspenso, assim como alguns horários da noite. Passageiros já foram surpreendidos por arrastão de assaltantes enquanto esperavam na parada o ônibus que às vezes leva mais de uma hora para passar.

Transporte é um direito, os empregos e salários já são precários, nosso povo não pode pagar para trabalhar! Com bandeira preta em Porto Alegre, seguiremos com linhas reduzidas que promovem abarrotamento de passageiros? Com o comércio funcionando normalmente, por que os horários não foram normalizados? Não podemos aceitar.

➡️ É morador do Rincão ou utiliza as linhas 289- Rincão/Via Oscar Pereira, linha 2843- Belém Velho/São Francisco, 286- Belém Velho/Cristal/Ufrgs, 2843- Belém Velho/ São Francisco/Rincão/Azenha? Entre em contato e assine o abaixo-assinado exigindo o funcionamento normal destas linhas e a volta linhas Alimentadora A84 e A86!

Chega de sufoco, eles têm que nos respeitar.

25 respostas em “Abaixo-assinado no Rincão/Belém Velho exige transporte de qualidade”

Uma covardia retirar os ônibus da nossa comunidade,foi um direito que adquirimos,uma luta de anos,pedindo,mostrando a demanda,a dificuldade que o povo passa,tudo é longe, difícil,negado pra nossa comounidade, não temos previlegios como a zona norte,ou os bairros mais ricos,mas somos um povo honesto e trabalhador que acorda cedo,vai pras paradas ,correndo risco de assalto e rezando pra que o BENDITO ÔNIBUS venha no horário certo e que além da incerteza de conseguir subir,ainda corre o risco de quebrar no caminho,pois geralmente estão sucateados,mas é o que nos resta e é nosso direito.

Oi Daiane, tem uma folha do abaixo assinado na padaria da rua Honduras, pode ser assinado ali. E na quinta-feira, às 18h, vai ter uma equipe em frente ao mercado Dalzatti e parada do ônibus recolhendo. Será que você consegue assinar em um destes lugares?

A dificuldade de deslocamento pra ir pro trabalho e muito complicado.
Nos primeiros horários da manhã ,as pessoas ficam na parada ,pois o ônibus está lotado,final do dia em certo horário,o mesmo ..
Se perder o ônibus direto pro Rincão e pegar um pela baldeação,fica empenhado,pois chega ali mais ou menos meio dia ,e na parte da tarde não tem ônibus,se não me engano é só as 14hs ,da baldeação pro bairro…
Linha alimentadora 84 e 86 ,ajuda muito ,tem moradores que vem muito lá do fundo do bairro,talvez uns 20min ou 25 min…até chegar na parada de ônibus.
Grata pela atenção.

Pior e ter que subir 3quadras pra pegar o 289 por por que ,dis ter limite de passageiros ,tiram o das 5h e deiram somente o das 6h .sendo esse o unico no primeiro horario da manha ..e triste ver nos os trabalhandores aqui do rincao , ter que passar por isso e ainda ouvir o motorista disser ta ruim reclama … pra eles la deixo aqui minha indiguinacao ja estamos assim desde marco de 2020.

Falam em aumentar o preco das passagens,ônibus sucateados.
Linhas retiradas de circulação e os que restam estão em horário reduzido.
Trabalho na área da saúde, não existe ônibus a noite pra voltar pra casa,Belém velho nem Rincão Oscar Pereira ,o mesmo acontece aos fins de semana.
Se todo o comércio esta aberto como as pessoas vão e voltam do trabalho?todas aglomeradas,é um absurdo último ônibus as 19hs.Como ficam os trabalhadores?
Porque tudo voltou ao normal e os ônibus não!Alguém pode me responder?

Estão gastando de uber tdos os dias pra ir trabalhar no bairro tristeza pois tiraram o primeiro horario urfgs barra.vergonhoso isso.povo pagando pra trabalhar.ja assinei e assino denovo se precisar.

Sofremos muito com a função dos ônibus, espera por horas nas paradas. E precisamos ter mais linhas, horários e qualidade nos serviços oferecidos a comunidade.

É um sofrimento a espera por ônibus nas paradas. Já nos erá difícil antes, com a função da Covid ficou insustentável. Precisamos não só de mais linhas de ônibus como lotação. Precisamos desse olhar para está comunidade.

Olá. Tem uma folha do abaixo assinado na padaria da rua Honduras, pode ser assinado ali. E na quinta-feira, às 18h, vai ter uma equipe em frente ao mercado Dalzatti e parada do ônibus recolhendo. Será que você consegue assinar em um destes lugares?

Quero ver quando vierem os moradores dos prédios novos ,na subida da Afonso Lourenço antes do lixão. Povo massacrado por essa categoria de empresários que só visam lucro e uma prefeitura que nao olha pra esse lugar.

Moro na estrada Afonso Lourenço mariante, Belém velho e gostaria muito de assinar! Inclusive, deixar a dica de lutarmos também pela limpeza do nosso bairro. Coleta de lixo, varreçao e podas de árvores, pois estamos meio esquecidos aqui por ser longe do centro.

Olá! Sou morador da zona Sul de Porto Alegre há muitos anos. Adoro ônibus, sou um entusiasta de transporte público. Concordo que o sistema de ônibus em toda a cidade, e o de lotação também, estão precários e sucateados. Veículos que chegam aos 12 ou 13 anos de vida útil são retirados de circulação sem serem substituídos por novos.
Quanto ao transporte no Belém Velho/Rincão, apesar da precariedade dos horários e viagens, a Estrada Afonso Mariante conta com linha de ônibus direto ao Centro de Porto Alegre, a linha 289. Diferentemente da Estrada Costa Gama, que um tempo atrás tinha uma linha que ia até o Centro, a 216 Restinga Glória. Há cerca de duas décadas, a linha passou a ir somente até o Terminal Azenha. Também há a linha A87 que atende com uma certa regularidade a Costa Gama, mas que vai até o Transbordo, para baldeação com outras linhas de ônibus.
Poderia, mesmo, haver uma linha de lotação no local. Mas, levando em conta a situação atual do nosso transporte, é um sonho ainda mais distante.
Guilherme – servidor público – Porto Alegre.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.