Categorias
Notícias

Moradores da Lomba do Pinheiro protestam contra extinção de linhas de ônibus

Dezenas de pessoas se mobilizaram com faixas, cartazes e palavras de ordem, exigindo a retomada da operação da linha 394-Mapa.

Na noite da última segunda-feira (25), moradoras e moradores da comunidade da Vila Mapa, na Lomba do Pinheiro, protestaram contra as recentes medidas de extinção e unificação de linhas de ônibus que atendem a região. Dezenas de pessoas se mobilizaram com faixas, cartazes e palavras de ordem, exigindo a retomada da operação da linha 394-Mapa.

A manifestação foi organizada depois que a empresa de ônibus responsável pelo transporte público da região decidiu desativar a linha 394 e unificar com a linha Quinta do Portal. Ação que vem causando transtornos para a população da região, que passou a enfrentar problemas – principalmente nos horários de pico – e a ficar ainda mais exposta aos riscos de contaminação pelo coronavírus, uma vez que, com os ônibus abarrotados de gente, torna-se impossível manter o distanciamento recomendado para diminuir as possibilidades de transmissão da doença.

Com as recentes medidas adotadas pela prefeitura de Porto Alegre, de autorizar a retomada de atividades econômicas não essenciais, milhares de pessoas se viram obrigadas a voltar aos seus trabalhos. E a maioria depende do transporte público para se locomover de seu local de moradia para o seu local de trabalho.

Por isso, ainda que os donos das empresas de ônibus aleguem que a unificação das linhas ocorreu devido a baixa demanda, a realidade é totalmente diferente. Diariamente, moradoras e moradores da comunidade da Vila Mapa se deparam com ônibus superlotados, que muitas vezes sequer têm condições de parar nos pontos de embarque. Além disso, a unificação das linhas tem causado atrasos e descumprimento das tabelas de horários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *