Categorias
Notícias

Bancada do PSOL e DCEs acionam o MP contra cancelamento de contratos de estagiários

De forma autoritária, o prefeito Nelson Marchezan Jr. (PSDB) rompeu os contratos de estágio vinculados à prefeitura.

Os vereadores do PSOL de Porto Alegre, Karen Santos, Roberto Robaina e Alex Fraga, juntamente com os Diretórios Centrais dos Estudantes (DCEs) da UFRGS, PUCRS e Unisinos, acionaram o Ministério Público (MP) exigindo o cancelamento do rompimento dos contratos dos estagiários da prefeitura e a imediata recontratação dos estudantes.

De forma autoritária e em meio a pandemia causada pelo novo coronavírus, o prefeito Nelson Marchezan Jr. (PSDB) rompeu, no início de abril, os contratos de estágio vinculados à prefeitura. Prejudicou, com isso, centenas de estudantes em formação e que dependem do salário (valores que variam entre R$ 411,00 e R$ 964,00) para sobreviver.

O ofício encaminhado ao MP solicita que sejam proibidas as demissões de estagiários enquanto estiverem em vigor decretos de calamidade em razão da pandemia de COVID-19.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.